Início | Agenda | Música | Financiamento coletivo do CD do Trem Doido

Financiamento coletivo do CD do Trem Doido

Campanha de Financiamento coletivo do CD do Trem Doido

Mas e o que é essa campanha?
Em 2016, o grupo realizou a gravação de seu repertório e agora, junto com vocês, pretende finalizar o CD, fechando a master, arte gráfica, prensagem, pagamento de Direitos Autorais e fazer o Trem Doido chegar até você.

Por que o financiamento colaborativo?
A banda não se fez sozinha. Nesses 4 anos de caminhada, contamos com vocês em nossos shows, crescemos com vocês, tocamos com vocês. Acreditamos que a melhor forma de finalizar esse CD é também de uma forma colaborativa, com vocês incentivando como sempre estiveram.
A aproximação entre público e artistas é que nos trouxe até aqui, é essa aproximação que queremos para concretizar nosso sonho e chegarmos até sua casa.

Como funciona?
Vaquinha virtual, pré-venda, patrocínio individual…
Há muitas formas de pensar um financimanento colaborativo. Fato é que o público contribui com o valor que puder ou quiser para que aquele projeto que ele acredita se torne realidade. Ele irá receber recompensas em troca de sua contribuição e será o impusionador na carreira dos artistas que ele acredita.

Mas e como é esse trem de “Tudo ou Nada”?
Para finalizarmos o CD precisamos de R$ 11.000,00 se a gente não alcançar esse valor, não tem como realizar todos os pagamentos e terminar o CD. Sendo assim, se a gente alcançar nossa meta financeira, dentro do prazo estipulado, receberemos o dinheiro arrecado e poderemos concretizar nosso sonho, em troca você receberá a recompensa que escolheu. Se não alcançarmos a meta, não sera possível fazer o CD, então você receberá o valor de sua contribuição de volta.

E por isso que é muito importante você além de contruibuir financeiramente divulgar e nos ajudar a ampliar a nossa rede, contando para seus familiars, amigos e amigas, aquilo que gosta, acredita e quer ver se concretizar.

Quem é o Trem Doido?
Unidos pela afinidade musical e motivados pelo interesse comum na música produzida em Minas Gerais, Eddy Andrade, Fernando Junqueira, Paulo Ohana e Victor Polo formaram o grupo Trem Doido.

Criado em 2013, o Grupo desenvolve uma pesquisa sobre o repertório do movimento musical Clube da Esquina. O quarteto combina elementos de música vocal e instrumental, com base nas improvisações jazzísticas e desta forma propõe um diálogo com a tradição da música que influenciou significativamente os rumos da música popular brasileira e internacional.

Utilizando-se da experimentação sonora e da improvisação como procedimentos criativos o grupo transita entre a canção e a música instrumental. Buscando suscitar a memória do passado político e cultural do Brasil, o show explora o repertório de canções produzidas em Minas Gerais a partir da década de 60 pelo Clube da Esquina e seus vários expoentes como: Milton Nascimento, Lô Borges, Márcio Borges, Beto Guedes, Toninho Horta, Nelson Ângelo, Tavinho Moura, entre outros.

O grupo já gravou as canções do primeiro CD e agora precisa de recursos para concluir os itens finais e assim viabilizar a prensagem e distribuição.

Para saber mais informações ou para fazer sua doação, acesse este link.

Evento Data: 
segunda-feira, 25 Dezembro, 2017 - 17:00